Gerenciamento de crises


O curso trabalha estratégias e ferramentas eficientes para a gestão de crises e assuntos delicados, seja com a imprensa, comunidade, terceiro setor ou público interno. O papel da equipe de comunicação na crise, o atendimento à imprensa e como se posicionar em demandas de crise. Como é o gerenciamento de risco: prevenção e monitoramento. Com oito horas de duração, o treinamento conta com oficinas práticas com simulações de situações de crise.

Depoimentos.

  1. Marco Aurélio Biessemeyer, gerente da Assessoria de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Companhia Paranaense de Gás (Compagás)

    “Relevante para as funções gerenciais e outras pessoas que possam falar pela empresa”

  2. Lauro F. Furlanetto, gerente de Gestão de Pessoas da Companhia Paranaense de Gás (Compagás)

    “Objetivo, prático e transformador”

  3. Justino Pinho, gerente do segmento Industrial da Companhia Paranaense de Gás (Compagás)

    “Muito boa, ajuda a melhorar o relacionamento entre a empresa e a mídia em relação a comunidade”

  4. Renato Donatelo Ribeiro – Diretor do Banco do Brasil – DF

    “Muito Bom”

  5. Nilson Martiniano Moreira – Diretor de Empréstimos e Financiamentos do Banco do Brasil – DF

    “Excelente”

  6. Sergio Peres – Superintendente Varejo Estadual do Banco do Brasil – DF

    “Excelente”

  7. Benilton Couto da Cunha – gerente executivo da Diretoria de Desenvolvimento Sustentável do BB – DF

    “Minha impressão sobre o curso foi boa, em particular pela competência dos profissionais que atuaram no media training”

  8. Janio Carlos Endo Macêdo – diretor de Varejo do Banco do Brasil – DF

    “Acho que transparência e preparação são fundamentais para uma boa entrevista”

  9. José Carlos Reis da Silva – superintendente estadual de Negócio Varejo e Governo do Banco do Brasil – SC

    “Imprescindível para executivos”

  10. Ewerton Gonçalves Chaves – gerente executivo de Acompanhamento do Risco de Crédito do BB – DF

    “Muito útil para o aprimoramento do desempenho em entrevistas nos diversos meios de comunicação. Importantes dicas para o tratamento de crises”